Páginas

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Subjtevidade Das Esperanças

               A vida é sem dúvida feita da subjetividade e não da realidade. Tudo se baseia em pequenas ou grandes esperanças que cada um cria com apenas um sinal que pode bem ser real ou não. Estas esperanças que criamos podem levar-nos até à exaustão da procura daquilo que imaginámos que seria e do quanto real queremos que isso seja. Alimentar esperanças é meio caminho andado para a desilusão, até que um dia acabamos por cair no fundo do poço e não temos maneira fácil nem forte para de lá sair. O tempo é fundamental e só ele dirá o quão recuperados estamos.

PS: quando disponível partilho com vocês um vídeo do programa da TVI que marcou tendo em conta este assunto.



3 comentários:

PedroVentura disse...

O importante é nao perder a esperança!
theventuraproject.blogspot.com

Briana disse...

mas também podemos chegar ao nosso objetivo.. não podemos desistir e ficar com "e se.."..

Pedro Pádua disse...

Sempre achei que a vida é subjectividade... as nossas decisoes sao condicionasdas por tudo a nossa volta, mas cabe a nós decidir o rumo...