Páginas

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Ao Som Da Chuva

               Ao som da chuva o meu coração bate louco sem saber como abrandar com a tua presença na minha mente. Percorres recantos e lugares submersos da mente nunca antes navegados, arriscando encontrar outros nunca encontraram e nem perto chegaram. A chuva faz com que contenha as lágrimas por tempo indefinido mas longe.


2 comentários:

Namorado P.S. disse...

Lindo.

João disse...

"Rain and tears are the same, but in the sun you have to play the game"...