Páginas

domingo, 22 de dezembro de 2013

À Noite

              Tudo faz sentido à noite. Quando tento adormecer tudo vem ao de cima e me faz pensar, me faz querer ser diferente sem mudar. Faz-me querer acreditar que tudo tem uma intenção, que tudo tem uma solução, e que terei alguém que me dará valor. Talvez esse alguém já me de valor, só não o identifico.
              À noite perco-me, cometo as maiores loucuras, sinto os maiores desejos, sinto-me realizado assim como um dia precisa do sol para ser maravilhoso. Também é à noite que me sinto mais perdido mas com o pensamento mais real e verdadeiro. Sinto que sou humano, mas sendo irreal.


1 comentário:

João Eduardo disse...

##
- à noite a sede dos tormentos que nos incomodam quando desejamos uma companhia...
- à noite quando os fantasmas aproveitam a penumbra da luz para nos desviarem o sono, levitando os pensamentos na impossibilidade do momento...
- à noite quando não temos ninguém para nos agarrar-mos, quando os tormentos povoam o inevitável das nossas escolhas...
- á noite quando desejamos que venha rapidamente o dia...
@ Esse dia chegará um dia...