Páginas

domingo, 3 de novembro de 2013

Anjo Perdido

            O silêncio do meu olhar diz mais do que o falar das tuas palavras. As minhas fantasias são aquelas que ninguém consegue ver, aquelas que talvez tu também tenhas. É algo que cria em mim um ser que só se torna visível no vazio da solidão. Perde-se no negro da inocência do pensamento.