Páginas

terça-feira, 6 de agosto de 2013

BE YOU


Não sejas aborrecido. Não sejas “santo”. Não sejas como a maioria. Não ligues ao que os outros pensarão, nem ao que dirão. Vive como se nada importa-se. Vive o hoje. Se não fores tu a aproveitar, ninguém o fará. Por isso sê selvagem, sê energético, sê imprevisível, sê louco, mas acima de tudo SÊ TU!